1a. COPA
de
PATROCÍNIO

Equipe Parafuso Sem Cabeça

Coisas Sem Coisas
(autoria coletiva da Equipe Parafuso Sem Cabeça)

Prego sem martelo
Robôs sem mecânica
Parafuso sem cabeça
Relógio sem ponteiro
Luz sem energia
Computador sem internet
Ventilador sem hélice
Arma sem bala
Futuro sem passado
É
Assim
A
Gente
Sem
Copa de Robótica Sem Mistérios

Informação Robótica
Número 1 - 17 de outubro de 2005



Eu aprendi como o magnetismo pode ser feito por uma pessoa. E também que eu posso trabalhar em equipe, e melhor...
Eduardo
Parafuso Sem Cabeça


 A Copa é bem legal, divertida. Estamos fazendo um rolo que corta alimentos. Eu não gosto de faltar, e fico furioso quando falto. Aprendi várias coisas e espero ganhar na Copa.

Victor
Parafuso Sem Cabeça

A Copa de Robótica Sem Mistérios esta sendo legal porque eu conheci outras pessoas, e aprendi coisas novas, por exemplo: como funcionam vários mecanismos; programar o robô com sensores; usar a imaginação e combinar isso com LEGO. Também conhecemos as outras equipes, e fizemos várias brincadeiras, assistimos a vídeos, elegemos o nome do grupo, o tema da pesquisa e o projeto. Por enquanto está sendo legal.

Caio Henrique
Parafuso Sem Cabeça

Eu achei a Copa de Robótica legal porque eu gostei de fazer as votações! Foi bem bom. Estou gostando de montar o robô com sucata e LEGO. Gostei mais de fazer o jornal e colocá-lo em exposição. E todo mundo gostou do nosso jornal - Informação Robótica. E gosto dos intervalos para o lanche e do nosso robô. Eu estou trabalhando com sucata e alguns meninos trabalharam com LEGO. Estamos usando muita porca e parafuso, engrenagens, e também estamos usando LEGO RoboticsInvention System, que é muito caro. Nos domingos fazemos várias brincadeiras, e perdemos muitos pontos porque só vieram três pessoas do grupo, mas depois eles recuperaram. No próximo domingo vamos vir eu e meu irmão, e vou contar mais coisas sobre a robótica. E quando terminarmos eu nunca vou esquecer. E vou contar para várias pessoas. Afinal, estou apreendendo a mexer na sucata e aproveitar o que está estragado e usar a criatividade para ajudar os outros e facilitar a nossa vida no dia-a-dia. Quando acabar eu vou fazer um livro sobre o que eu fiz na robótica e o que aprendi. Depois eu conto muito mais...

Julia
Parafuso Sem Cabeça

  Eu aprendi que um robô não é fazedor de “pudim” e sim de coisas. Aqui a sucata encheria minha “caixa de coisas”. Aqui, também, aprendemos a usar LEGO, sucata, matemática e mais algumas coisas. Estamos fazendo um robô que ajude as pessoas a cortarem suas comidas “verdes”, em vez de perder um dos seus 20 dedos, ou pelo menos a metade de alguns. Aqui eu vi robôs diferentes, como o doidão, a lixeira móvel, a coisa que gira, e outra coisa que eu não sei se é uma coisa. Tem uma maquete de uma coisa meio estranha. Vi coisas de LEGO que são legais e apavoram. Aqui fazemos robôs, mexemos com sucata e com ferramentas estranhas e “felizes”. Aqui eu vi coisas e cartazes com o nome e figuras de empresas diferentes. Toda segunda-feira era pra eu ficar no computador, a tarde inteira! Em vez de fazer isso, eu fico na Copa de Robótica que é bem melhor.

 Pedro Afonso
Parafuso Sem Cabeça

 

A taça de sucata, feita no terceiro encontro das equipes, eleita pelo público a melhor de todas, por sua criatividade.


PATROCÍNIO